Paracas com suas paisagens de Marte na America do Sul

Paracas tem uma das paisagens mais exóticas da America do Sul; lembrando muito paisagens de Marte.

Em varias seriados sobre o Planeta Terra ela e citada como um importante local para o eco sistema; e isso traz vantagens e desvantagens

O lado bom é que com mais divulgação alertam as autoridades locais para uma maior preservação. Já o lado ruim é que um local desse não ficaria escondido por muito tempo, o que levou o desenvolvimento do turismo em massa.

Existem varias passeios na região de Paracas, mas os principais são:

  • Islas Balestras
  • Reserva Nacional de Paracas.

Varias agências vendendo esses passeios por Paracas, algumas até vendem ele partindo de Lima (que ao meu ver é loucura).

Isla Ballestra

As Islas Ballestras, é uma das atividades principais da região, e não é por menos; cada ilha é esculpida de formas diferentes, formando pontes, cavernas, e picos.

E em cada um desses pontos uma colonia diferente de animais faz seu habitat, então você vê colonias gigantes de todos os tipos de animais.

Logo no início do passeio você já tem uma surpresa enorme. Eles fazem uma pequena parada no Mar para tirar foto do famoso Candelabro, um geoglifo que por mais que tentem te explicar sobre como foi feito e tudo mais; é difícil de acreditar ainda mais por terem sido construídos em uma época pré-históricas.

Candelabro
Candelabro

Na sequência o passeio continua até as Islas Balestras, local onde se concentra diversas espécies marinhas desde pássaros, leões marinhos e até Pinguins de Humboldt.

Isla Ballestra

Se você for fazer esse passeio e costuma ter enjoos, eu indico tomar um “dramim”, e caso seja dos friorentos também não esqueça um agasalho, pois venta bastante nessa região.

Reserva Nacional de Paracas

Não sei o que vem na sua cabeça ao pensar no Peru, mas na minha vinha selva, Machu Pichu, menos as paisagens que encontramos na Reserva Nacional de Paracas.

São paisagens maravilhosas, tão lindas quanto o Deserto do Atacama, só com uma diferença, a presença do oceano.

O passeio passa por vários mirantes dentro da Reserva Nacional de Paracas, e finaliza em um vilarejo remoto que vive basicamente da pesca.

A primeira parada que teve foi no Mirante para ver a antiga Catedral. Mas não é uma igreja como você deve estar imaginando; na verdade é uma pedra que foi esculpida ao longo de anos.

Mas porque você disse antiga catedral ? Porque houve um terremoto onde destruiu parte da formação rochosa, hoje só parecendo mais uma torre de pedra

O próximo ponto de parada foi a Playa Roja, que é chamada desta forma devido a areia avermelhada.

Ver essa imagem foi surreal uma praia com areia avermelhada um oceano a frente e tudo isso emoldurado por uma paisagem amarela do deserto.

Playa Roja
Playa Roja

Então finalizar o passeio, eles param em uma vila local de pescadores. Nela há uma mirante também, e para os mais animados também pode se banhar na praia.

E é claro que comer um ceviche Peruano ! nós pegamos um ceviche delicioso, fresquino (ou não tao fresco assim), que nos trouxe grandes historias para casa e alguns quilos perdidos. 😀

Independente de qualquer coisa, uma cosia é certa; se você vier ao Peru e tive um tempinho, não deixe de visitar essa região tao linda.

Nós partimos de Paracas direto para Machu Pichu de Onibus, mas isso é assunto para um próximo post

Espero que as informações te ajudem e te inspirem, e até uma próxima se assim Deus nos permitir.

Booking.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *